Buscar
  • Augusto Damásio

III GUERRA MUNDIAL ECONÓMICA E INVISÍVEL DOS MENOS ATENTOS

Desde a II Guerra Mundial que o Partido Comunista Chinês com os seus 90 milhões de membros e dirigentes que têm andado a estudar os países ocidentais e a implementar um plano maquiavélico de dominar o mundo. Plano esse que está a se consolidar agora.

Primeiro consolidou a introdução massiva do seu tecido empresarial comercial no mundo inteiro, negociando país a país a sua isenção de impostos dos primeiros anos de actividade, vendendo produtos a um preço aliciante fabricado com o sacrifício do seu povo violando todos os Direitos, Garantias e Liberdades, a que os trabalhadores do ocidente conquistaram. Estendendo-se à manobra de renovações de empresas e nomes afim de reiniciar sempre as tais isenções. Violando a moral e a intenção do legislador, mas sempre cumprindo as regras do jogo ocidental.

Depois, ludibriou os grandes tubarões do tecido empresarial do ocidente durante muitos anos, com a tal conhecida “paciência de chinês”, que poderiam aumentar drasticamente os seus lucros, sediando as suas fábricas e empresas no território da China, face aos impostos e custos de mão de obra, altamente aliciantes. Como no ocidente quem é proprietário das empresas é o capital privado a decisão é privada e, aqui o privado simultaneamente suborna o poder político ocidental para fechar os olhos à ditadura Chinesa. Tudo é jogado pela astucia do Partido Comunista Chinês usado paradoxalmente o próprio capitalismo como arma para atingir os seus fins, esquecendo a sua doutrina comunista.

A China não sendo incomodada pela sua ditadura, pela ausência de Direitos, Garantias e Liberdades é simultaneamente aceite como parceira económica mundial em várias frentes. Encapotadamente porque o assim o regime o permite, nunca parou de desenvolver armamento em qualidade e quantidade nos três campos do NBQ – Nuclear, Biológico e Químico.

Economicamente desenvolveu-se tanto, que deixou de continuar a copiar e passou a inventar e inovar nas tecnologias, ciência e medicina.

Desde a crise económica de 2008, que recolheu grande parte de todo o ouro do planeta e dólares, ouro através das tais lojas de ouro em plena crise 2008 a 2014. E até adquiriu Títulos do tesouro dos EUA ficando proprietária de 1,13 Triliões de dólares.

E através de diversos mandatários Chineses, membros e dirigentes do Partido Comunista Chinês que são actualmente 90 milhões, adquiriram capitais de diversas empresas multinacionais no globo, nas áreas da comunicação e energias estrategicamente, entre outros vistos Gold etc.

Lançou vários vírus tais como; 1957: gripe asiática; 1968: gripe de Hong Kong; gripe aviaria A H5N1; 2003 SARS, etc. em todas sem excepção foi sempre um impulso para a economia da China em relação aos outros países.

Toda esta gerência até agora foi sempre jogada no tabuleiro de xadrez, mas longe do fim, as últimas jogadas é que os levam ao XEQUE-MATE e são muito recentes e rápidas.

Enquanto o mundo ocidental discute o Ambiente, o LGBT, as Sanções contra a Rússia, a Syria, os Imigrantes, os Brexit´s, todas as espécies leaks, as eutanásias, os racismos e todos esses apelidados Direitos, Garantias e Liberdades. A China através do seu poderoso Partido Comunista Chinês provoca e simula uma crise adoecendo a China a partir de Wuhan, a bolsa cai e a moeda chinesa consequentemente e o Banco Central Chinês fica impávido e sereno propositadamente. Com isto todas as empresas da Europa e dos EUA sediadas na China perdem um valor na bolsa superior a 40%. O Ocidente começa também a ficar doente e Xi Jimping ordena em nome do estado da República Popular da China comprar toda a indústria estrangeira no seu país sediada, adquirindo num dia só 30% da industrial mundial.

Após tal, a epidemia COVID-19 é controlada na China e as indústrias adquiridas retomam brutalmente a sua economia.

Hoje os tubarões do ocidente que venderam as suas acções, começaram a perceber que de um teatro se tratava e que perderam por Xeque-Mate económico. Hoje na China em Wuhan, vimos os doentes curados a sair em filas dos hospitais como se de um cruzeiro saíssem felizes e contentes, os médicos e enfermeiros todos vestidos de igual, com sorriso igual e com bandeiras na mão como se tratasse de um tattoo olímpico. Todo comercio, teatros, museus, jardins etc toda população a circular como se nada tivesse acontecido. Já não existe mais subida de infectados, já não morre mais ninguém, já existe tratamento e até já existe vacina.

Nós, ocidente, sem excepção, todos dirigentes desorientados tomam medidas a 24 horas, sem previsão das próximas 48. Desmedidamente no povo os adultos da cultura ocidental julgam que os salários nascem na conta bancaria e os miúdos julgam que os bifes nascem nas prateleiras do supermercado. Uns em pânico e outros em consciência resguardam-se em casa e trabalham, outros passeiam-se não querendo trabalhar e achar que é uma gripinha, e até achando que devemos aproveitar estas ferias. E claro, numa cultura onde impera os Direitos, Garantias e Liberdades não há quem consiga governar neste caos, em circunstâncias nunca previstas.

Fomos realmente bem analisados, fomos bem estudados, o vírus foi a arma biológica mais bem concebida e tacticamente aplicada para atingir os fins.

Esta III Guerra Mundial foi ganha pela China, foi silenciosa, e sem a mínima hipótese de o ocidente poder recorrer ao armamento bélico ou nuclear, até porque as civilizações humanas já possuem armamento nuclear suficiente para destruir 4 planetas Terra, e por aqui já todos temos a consciência há muitos anos que não poderemos resolver ou travar nada por este meio. Também desde esta consciência que sabíamos que a III Guerra Mundial seria económica e nunca bélica ou nuclear, mas foi com planeamento de décadas, estratégias económicas sujas ou no mínimo sem moral, e com este recurso maquiavélico de armamento biológico.

Tudo aconteceu com a permissão e regras do ocidente, excepto o uso de armamento Biológico, que no fim da linha poderá eventualmente vir a ser usada a desculpa de uma fuga não propositada dum laboratório classe 4 situado a 21 Km de Wuhan. E tais acusações nunca poderão ser feitas por um governante sóbrio, de um país do Ocidente sem que não exista consequências ou seria enxovalhado em eleições pelo seu próprio povo.

Num tabuleiro ou mesa, enquanto existir um jogador que fica isento de usar as regras a que os outros se obrigam, esse jogador ganhará sempre.

Após COVID-19, viveremos como Xi Jimping decidir.

這樣吧

Assim seja

96 visualizações

© 2020 por Bloco de Direita.